Exames Pet

Orientações de Coleta

A realização de um exame envolve 3 fases importantes: a fase pré-analítica, a fase analítica e a fase pós-analítica. Mais de 80% dos erros acontecem na fase pré-analítica, ou seja, antes mesmo da amostrar chegar ao laboratório.

Erro de RSS: WP HTTP Error: cURL error 28: Operation timed out after 10001 milliseconds with 0 bytes received

Fase pré-analítica

Diz respeito ao preparo do paciente e coleta da amostra. Alguns fatores são determinantes para a qualidade da amostra, são eles: o jejum, uso de medicamentos, escolha do tubo correto, coleta de volume adequado e correto armazenamento e envio da amostra. A identificação da amostra também é um fator importante e deve ser feito de maneira mais completa possível em relação aos dados do paciente.

Fase análitica

É a realização do exame em si. Nessa fase, a padronização de processos, equipamentos calibrados, controle de qualidade frequente e respeito aos prazos assegura resultados precisos e exatos, garantindo a total satisfação dos nossos clientes.

Fase pós-analítica

Essa fase final, mas não menos importante, é aonde acontece a definição da terapêutica adequada pelo médico veterinário. Através da interpretação dos laudos e parâmetros obtidos, o médico veterinário tem segurança para estabelecer o tratamento e prognóstico do animal.

Recoletas

Nosso compromisso, acima de tudo, é com cada vida por trás de cada amostra enviada a nós. Animais que seus exames sejam realizados com a máxima qualidade e segurança possível.

Por isso, amostras consideradas fora do padrão ideal podem ser negadas a fim de evitar erros laboratoriais e resultados não fidedignos e não seguros.

Entendemos que muitas vezes a coleta de uma amostra pode ser dificultosa, e por isso, disponibilizamos que a coleta seja feita no laboratório por um de nossos veterinários*. Caso isso não seja possível, pedimos que o médico veterinário clínico se certifique de que ele colheu a melhor amostra possível para aquele exame, dentro do que é recomendado.
*Taxas de coleta poderão ser cobradas.

Amostras fora do padrão:

– Ausência de dados do paciente
– Volume de amostra insuficiente (*confira a tabela de exames para saber qual o volume ideal para cada exame)
– Uso de tubo incorreto
– Hemólise
– Contaminação da amostra
– Amostra armazenada e enviada incorretamente
– Tempo prolongado entre a coleta e recebimento da amostra

Orientações gerais:
* A recoleta será informada, inicialmente, através do acesso online do cliente, na área de visualização dos exames. Caso essa não seja visualizada, podemos entrar em contato para notificar.
* O veterinário tem um prazo máximo de 7 dias úteis para enviar novo material ao laboratório. Após esse prazo, um novo exame será cobrado.
* Exames que forem cancelados após o pedido de recoleta serão faturados.
* Caso a requisição seja de um perfil e a amostra seja insuficiente para realização de todos os parâmetros com segurança e qualidade e o veterinário se recuse a fazer a recoleta, o valor dos exames não realizados não será descontado do valor do perfil.
* Será cobrada nova taxa de logística para a nova amostra enviada.

Variáveis que interferem nos resultados:

  • Ausência de histórico e suspeita clínica do animal: é importante nossos veterinários na hora de conferir e liberar os resultados e também para te auxiliar a interpretar exames.
  • Coleta tranquila ou coleta dificultosa
  • Tempo de jejum não respeitado: pode acarretar em alterações em proteínas totais, bilirrubinas, ácido úrico. A ingestão de dieta gordurosa também pode causar lipemia.
  • Prática de atividade física intensa antes da coleta: alguns parâmetros como ALT, AST, fósforo, creatinina, ácido úrico, contagem de leucócitos, por exemplo, podem estar aumentadas. Outros parâmetros como: ferro, sódio, glicose e albumina, podem estar reduzidos.
  • Animal estressado
  • Uso de tubo incorreto: cada tubo possui um conservante e é indicado para um tipo de amostra. Amostras enviadas no tubo incorreto podem sofrer alterações e degradações em seus conteúdos.
  • Hemólise: leva ao aumento na atividade plasmática da FA, TGO, potássio, magnésio, e muitos outros.
  • Manipulação das amostras: evite quedas, choques, manipule as amostras com delicadeza e cuidado. A manipulação errada pode gerar fibrina, hemólise e agregados plaquetários.
  • Tempo de armazenamento: a amostra deve ser armazenada corretamente desde a coleta até o envio ao laboratório. Para a maioria dos exames, a amostra deve ser armazenada em temperatura de geladeira (de 2º a 8º). Consulte mais informações na nossa tabela de exames.

Para maiores informações ou dúvidas, por favor, entre em contato através do nosso Canal de Atendimento ao Veterinário.

Open chat
Olá 👋 Como podemos te ajudar?