Exames Pet

As doenças endócrinas fazem parte da rotina do médico veterinário e um diagnóstico rápido significa tratamento rápido, muitas vezes, algo extremamente significativo para um animal endocrinopata.

Atualmente contamos com um equipamento de ponta, um dos únicos do estado do Paraná, para análise de hormônios como TSH, T4, T3 e cortisol pela técnica de quimioluminescência, fornecendo um diagnóstico rápido e preciso para o seu paciente.

Resultados em até 24 horas e assessoria técnica especializada em endocrinologia veterinária, garantem tranquilidade e segurança para você, médico veterinário.

ACTH

Prazo: 12 dias úteis.
Amostra: plasma separado e congelado.

Cortisol

Prazo: 1 dia útil

Amostra: 1,0 ml de soro.

Preparo: ideal jejum de 8 horas. Coletar preferencialmente entre 7h e 9h da manhã.

Saiba mais:

O cortisol é secretado pelo córtex adrenal em um padrão irregular e concentrações no sangue são afetados pelo ritmo circadiano, estresse, muitas drogas e estado reprodutivo. Portanto, a quantificação de cortisol basal em uma única amostra para diagnóstico de transtornos da adrenal não é recomendado.

Supressão com Baixa Dose de Dexametasona (3 doses)

Prazo: 1 dia útil

Amostra: 1,0 ml de soro.

Estimulação com ACTH (2 doses)

Prazo: 1 dia útil

Amostra: 1,0 ml de soro.

Estradiol

Prazo: 1 dia útil

Amostra: 1,0 ml de soro.

Atenção: informar espécie e fase reprodutiva da fêmea.

FSH (Hormônio Folículo Estimulante)

Prazo: 10 dias úteis

Amostra: 1,0 ml de soro.

IGF-1 (Somatomadina C)

Prazo: 10 dias úteis

Amostra: 1,0 ml de soro.

Preparo: as concentrações séricas de IGF-1 não mostraram alterações diurnas significativas em cães alimentados ou em jejum, e não foram afetadas pela administração de glicocorticóides

Atenção: o exame é significativamente afetado por hemólise e lipemia, produzindo uma diminuição significativa nas concentrações de  IGF-1. A amostra não é afetada por bilirrubinemia.

Saiba mais:

A IGF-1 é uma proteína produzida em resposta ao hormônio do crescimento. O aumento deste proteína está presente na grande maioria dos cães com acromegalia. A administração de insulina pode elevar as concentrações de IGF-1.

Animais em fase de crescimento, podem apresentar concentrações séricas de IGF-1 que podem variar de acordo com a raça. Cães de raças grandes possuem concentrações normais maiores do que cães de raças pequenas.

A acomegralia é caracterizada pela hipersecreção crônica do Hormônio do Crescimento (GH), e pode ocorrer em cães, gatos e humanos.

Em gatos a causa mais comum de acromegalia são os tumores de pituitária, que ocorrem normalmente em machos acima de 5 anos de idade. Os sinais clínicos são PU, PD, polifagia, resultados da Diabetes causada pela resistência insulínica. 

Em cães o excesso de progesterona pode originar uma hipersecreção de GH da glândula mamária, resultando em acromegalia e intolerância a glicose.

Insulina

Prazo: 10 dias úteis

Osteocalcina

Prazo: 5 dias úteis

Progesterona

Prazo: 1 dia útil

Saiba mais clicando aqui.

TSH específico Canino

Prazo: 2 dias úteis

TSH outras espécies

Prazo: 2 dias úteis

T3 Total

Prazo: 1 dia útil

T4 Total

Prazo: 1 dia útil

T4 Total (radioimunoensaio)

Prazo: 10 dias úteis

T4 Livre

Prazo: 1 dia útil

T4 Livre (radioimunoensaio)

Prazo: 10 dias úteis

T4 Livre (radioimunoensaio bifásico – 2 steps)

Prazo: 10 dias úteis

T4 Livre (radioimunoensaio diálise)

Prazo: 10 dias úteis

Testosterona

Prazo: 1 dia útil

Vasopressina

Prazo: 23 dias úteis

Paratormônio

Prazo: 10 dias úteis

Open chat
Olá 👋 Como podemos te ajudar?