Descomplicando o diagnóstico: FIV e Felv

31 de janeiro de 2020 por veterinaria

Sim, vamos descomplicar o diagnóstico da FIV e Felv pra você.

Sempre nos perguntamos: será um falso positivo? Um falso negativo? Posso confiar nesse resultado?

Vamos lá:

🐱 O teste de ELISA detecta:
– O antígeno p27 para Felv
– Anticorpos para FIV

🐱 O PCR, resumidamente, detecta:
– DNA viral ou,
– RNA viral (RTPCR) ou
– Ambos (DNA e RNA)

🐱 Quais gatos devem ser testados? TODOS! #mioutestou

🐱 O que pode interferir nos resultados: vacinação prévia desconhecida (animais adotados, por exemplo) ou exposição ao vírus ou a gatos doentes.
– Felv: gatos recém infectados (<30 dias) podem gerar um falso negativo pela ainda baixa carga de antígeno
– FIV: gatos infectados a <60 dias podem ainda não ter anticorpos contra a doença e também gerar falso negativo

🐱 Comece pelo ELISA:
– FIV positivo -> confirme com PCR
– Felv positivo -> confirme com PCR
– Se FIV ou Felv negativo (na PCR) -> reteste em 30 e 60 dias.
– Para ambas as doenças, um exame negativo deve ser repetido. Segundo o Guideline do AAFP, um resultado negativo sempre indica um Status Indefinido.

🐱 Animais com resultados divergentes entre ELISA e PCR devem ser retestados posteriormente e são sim considerados fonte de infecção e transmissão a outros gatos, por isso, cuidado.

Sempre realize seus exames com um patologista veterinário.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das nossas novidades, casos clínicos e muito mais:
Instagram Facebook

Comentários

    1. Olá Kátia! Sentimos muito pelo seu gatinho… Infelizmente não existe cura para a FELV, mas um veterinário especializado em felinos poderá ajudar a estabelecer o melhor tratamento e melhorar a qualidade de vida do seu animalzinho. Um abraço da nossa equipe!

    2. Ele é portador do vírus, que não tem cura, mas não significa que ele vai desenvolver a doença. Significa só que ele tem que ter cuidados especiais, principalmente em manter a imunidade dele sempre boa. Conheço um gato que era portador de Felv e viveu 15 anos. Ele fazia tratamento com homeopatia. E usava o floral Imunis.

  1. Bom dia Dra

    Adotei um gato quando estava com aproximadamente 3/4 meses (agora com quase 5 anos .
    Ele não tem contato com a rua.
    Só saia para tomar vacina, até que em uma campanha antirabica, apresentou reação alérgica (em 2018). Depois disso, qdo fui aplicar o reforço da antiviral, ele apresentou reação a ela também. Desde então, nunca mais o vacinei e ele não saiu mais pra nada. Só que ele sempre tinha uma coceira persistente no ouvido, então o levei na veterinária dia 19/12/2020. Ela o examinou e o pesou. Notei que ele perdeu quase 1,5kg em pouco mais de 1 ano e isso me preocupou muito. Então ela solicitou alguns exames, inclusive o teste sorológico de FIV/FELV.
    Fiz o teste e o veterinário aguardou 5 min para ver o resultado que apareceu somente um tracinho em cada, acusando negativo para ambos (graças a Deus!)
    Então guardei o teste e no dia seguinte fui dar mais uma olhada e notei que no de FIV apareceu outro tracinho, mas bem clarinho, quase não dá pra ver. Daí surgiu a imensa dúvida e o medo dele estar contaminado. A minha dúvida é: ele pode estar com Fiv, ou 5min são suficientes para detectar ? O segunda tracinho deveria estar tão nítido quanto o primeiro para dar positivo?
    Estou muito preocupada !
    O exame de sangue está completamente perfeito. Só a ureia está 77mg/dl e o normal é até 66. De resto, tudo dentro da normalidade
    Se ele estiver com Fiv o de sangue também teria alteração, certo?
    Agradeço imensamente se puder sanar está dúvida

    1. Olá Vanessa, estes testes precisam ser lidos em um determinado tempo, então provavelmente este resultado que você visualizou no dia seguinte não é fidedigno.
      Converse com seu veterinário para que ele te oriente melhor sobre isso!

    2. O meu aconteceu a mesma coisa. Estou bem preocupada agora 🙁

      A veterinária disse que deu negativo mas um tempo depois apareceu outra linha bem fraca quase imperceptível no FELV.

    1. significa que não teve reação no teste, ou seja, não tem o antígeno p27 detectável no sangue. Não se pode afirmar que ele não tem Felv, entretanto.

    1. Olá Paula! Não conseguimos afirmar com certeza isso para você. Irá depender de vários fatores envolvidos como por exemplo, a amostra, o teste (marca), o tempo de leitura, etc.
      Converse com seu veterinário para que ele tire suas dúvidas.

  2. Olá, eu gostaria de saber se na experiência de vcs, um gato menor de 3 meses, FIV+, vale a pena ser retestado com PCR e em quanto tempo depois do teste rápido deve ser realizado.

  3. Peguei uma filhotinha na rua e ao sair para levar ao veterinário para testar, deixei a porta do local onde ela estava aberta e meu gato comeu a comida dela e ela testou positivo para FELV. Ele pode ter sido contaminado?

  4. Tenho um gato de 1 ano e vou adotar uma gatinha de 2 meses de vida. Nunca fiz teste para Fiv e Felv. Devo testar o filhote e o meu gato antes de adotar?

  5. Boa tarde, preciso da sua ajuda profissional. Tenho dois gatos que adotei pequenos numa casa de animais, têm todas as vacinas em dia, inclusive já fizeram a serologia para irem para Portugal. No entanto, nunca fizeram o teste da FIV e da FELV. Eles são gordinhos e lindos, será melhor fazer o teste da FIV e da FELV? No entanto, adotei agora um outro gato que deu positivo para a FIV e falso para a FELV. Mas o segundo traço não está muito definido e penso que o tempo de leitura do kit rápido excedeu os 10 minutos previsto. Neste momento ele está isolado dos outros, poderá ser um falso positivo? Quais os critérios que poderão levar a um falso positivo? Muito obrigado pela ajuda. Cumpts.

  6. Fiz teste rápido e deu apenas um risco rosa na Felv e FIV( porém o veterinário disse que vê uma sombra no teste FIV, queria saber se existe isso. Eu particularmente não vejo nada.

  7. Boa noite, a minha gatinha fez um exame rápido e deu positivo pra felv uns quatro dias depois que começou a ficar mal, fiquei meia insegura quando li os sintomas, pois ela só tem falta de ar e caidinha sem querer comer, não tenho ideia de onde pegou, será que eu refaço o exame de novo buscando uma segunda opinião?

    1. Se ela está tendo esses sintomas leve imediatamente ao veterinário. O meu morreu em 3 dias após esses sintomas

    2. Oi Jaqueline
      A minha gatinha tá fazendo tratamento de um linfoma decorrente da felv.Ela tava com falta de ar e o teste rápido tinha dado negativo.Ela começou fazer sessões de quimioterapia.A primeira sessão já deu um bom resultado.Ela ficou no oxigênio por um bom tempo.Corra pra um bom veterinário e que entenda de gatos.Falo isso porque a maioria das clínicas entendem muito de cachorro e pouco de gato.Estou fazendo o tratamento da minha gata numa clínica especializada em gatos e estou confiante que ela vai ficar boa.A falta de ar maltrata muito.Procure uma clínica urgente.

Deixe uma resposta para veterinaria Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
Olá 👋 Como podemos te ajudar?